sábado, 3 de abril de 2010

A mosca (Estrofes 1-3/ William Blake)


Pequena mosca,
Com minha mão
Bruta, cortei
Teu jogo vão.

Não serei, mosca,
Um igual teu?
Ou não és tu
Homem, como eu?

Pois amo a dança,
Canções, bebida,
Até que a mão cega
Me corta a vida.


(William Blake, Songs of experience, "The fly" [A mosca], estrofes 1-3 (1795))


* Esse, assim como Selma, também foi "encontrado" na última quinta-feira. Palavras fortes e precisas.

Agora? Juanes.

Imagem encontrada aqui.

Um comentário:

Lucimar Sant`Ana disse...

Tudo que queremos encontramos.
Saudade!!!

Feliz Páscoa!

Lucimar