terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Cordialidade suicida


Sabe cordialidade? Então, às vezes é difícil manter a postura cordial/sorridente. Por exemplo, quando alguém conversa incessantemente com você enquanto você tem muito trabalho à fazer. Quero dizer, normalmente você sorri de maneira blasé e volta ao que tem que fazer, mas há situações nas quais você simplesmente não pode fazer isso. É aí que você congela um sorriso amarelo e comete suicídio em pensamento.
Outro caso é quando você quer ler. Não está no clima de conversa e carrega um livro nas mãos. Explico melhor: o livro está aberto e você está praticamente mergulhada nele para deixar bem claro que não, você definitivamente não quer conversar nesse momento. Você tenta, mas sempre que você lê uma frase (a mesma diversas vezes, diga-se de passagem) alguém puxa conversa. Por que!? O silêncio também faz bem, sabe? Não há necessidade de manter um dialogo incessantemente. Principalmente, eu repito, quando você tem um livro aberto nas mãos. Sério, precisa de uma dica melhor?
Pois então, eu tenho sorte. Essa minha simpatia natural não desanima as pessoas, sabe? E em um mesmo dia eu passei pelos dois casos citados acima. Legal, né? Bacana...

Agora? The Carpenters.

Do Aurélio online:

"Cordialidade: s.f. Afeição sincera. / Franqueza e amenidade no trato: falar com cordialidade."

2 comentários:

' isaa ♥ disse...

nossa, tem gente que não se toca que você nao tá afim de conversar/fazer algo.
às vezes não da pra ser cordial ¬¬'
beijos !

Rebeca Postigo disse...

Tento ser bem educada sempre...
Mas parece que existe falta de educação por ai...
Às vezes perco as estribeiras...

Bjs