segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A Casa do Lago (The Lake House)


A Casa do Lago (The Lake House)
EUA/ 2006/ 105 min
Direção: Alejandro Agresti
Roteiro: David Auburn, baseado em roteiro de Ji-na Yeo e Eun-Jeong Kim
Elenco: Keanu Reeves, Sandra Bullock.

Ah o amor! Na semana passada? A Casa do Lago. Sim, adoro Sandra Bullock e também Keanu Reeves e já tinha conferido esse filme antes.

O filme é singelo e romântico. A premissa não é exatamente verossímil, mas funciona dentro da sua proposta. Kate (Bullock) e Alex (Reeves) moram na mesma casa (a tal casa do lago) e, embora nunca tenham se visto, passam a se corresponder através de cartas. A medida que se conhecem e se revelam com essas cartas eles se apaixonam. Correspondem-se, mas estão separados por dois anos, vivem em épocas diferentes.

O longa se desenrola através de conversas simuladas com os textos das cartas apoiado em uma edição fluida e cenários belíssimos. O trunfo do longa, na verdade, é a química entre os atores que já foi comprovada há muito tempo desde 1994 com o filme Velocidade Máxima.

Além disso o romance à distância funciona bem principalmente devido à montagem que revela a história de cada personagem separadamente de forma que envolve o espectador que descobre a história aos pouquinhos.

A partir daí lembrei de alguns filmes nesse estilo repletos de encontros e desencontros, onde o casal está separado geografica ou virtualmente, por exemplo. Lembrei de Sempre te amei, nunca te vi que vi há muito tempo e não recordo bem.
Lembrei também de dois “clássicos” da comédia romântica com Meg Ryan e Tom Hanks:
Sintonia de Amor que eu particularmente amo onde ela o conhece através de um programa de rádio e ambos seguem se correspondendo.
E o reencontro do casal sob o comando da mesma diretora responsável por Sintonia de Amor, Nora Ephron, Mensagem para você que segue uma premissa semelhante ao anterior e revive a química entre os dois. Aqui Meg Ryan e Tom Hanks são inimigos na vida real, mas são almas gêmeas na virtual.
Lembrei também de E se Fosse Verdade com Reese Whiterspoon e Mark Ruffalo que nem se encaixa muito aqui já que eles tem um tipo diferente de desencontro, mas fica a dica porque é fofo.

2 comentários:

HSLO disse...

Gostei muito da Casa do Lago...


abraços

Hugo

Faça a Diferença !!! disse...

Natali,

Boas dicas, vou ver os filmes indicados.