domingo, 5 de julho de 2009

Jean Charles


Jean Charles (Jean Charles)
Brasil/Inglaterra/2009/90 min
Direção: Henrique Goldman
Roteiro: Henrique Goldman e Marcelo Starobinas
Elenco: Selton Mello, Vanessa Giácomo, Luis Miranda, Daniel de Oliveira e Sidney Magal.

O longa conta a história de Jean Charles (1978 – 2005), brasileiro, nascido em Minas Gerais, que morou durante alguns anos na Inglaterra trabalhando como eletricista até ser assassinado pelas autoridades inglesas em um metrô do país ao ser confundido com um terrorista. Até hoje, nenhuma das pessoas envolvidas no crime foi indiciada.
Aqui, o filme conta a história dos últimos meses de vida de Jean Charles (Selton Mello – muito bom!) antes da tragédia. O espectador conhece o personagem na vida adulta e pode acompanhar o dia-a-dia de um imigrante brasileiro na Inglaterra. Em especial, Jean Charles e aqueles que o rodeavam.
Selton Melo faz muito bem o seu trabalho, como de costume, mas é interessante observar que o roteirista e diretor, Henrique Goldman, optou por utilizar muitos não-atores nas filmagens, o que resultou em uma baixa qualidade da atuação. Até por isso o trabalho de Selton brilha ainda mais, já que a maioria das cenas precisam ser totalmente conduzidas e apoiadas nele. Além disso, o filme apresenta alguns problemas técnicos sérios. A qualidade do som direto, por exemplo, deixa muito a desejar. A fotografia também não ajuda muito e alguns enquadramentos simplesmente não funcionam. Entendo que a intenção de utilizar a câmera como um espectador presente no filme seja interessante, mas aqui não funcionou.
Em compensação, esse é um filme que vale a pena ser visto pela temática abordada. Não apenas pela história de Jean Charles que merece a atenção da opinião pública e que merece ser lembrada e relembrada quantas vezes foram necessárias, mas também por abordar de maneira tão verdadeira a vida e os sonhos de imigrantes que deixam os seus países em busca de uma vida melhor. Muitas vezes se submetendo a trabalhos inaceitáveis para juntar algum dinheiro e mandar de volta para o Brasil, onde suas famílias precisam de ajuda. Definitivamente um filme que, apesar de todos os problemas técnicos, faz pensar e refletir sobre questões relevantes.

6 comentários:

Lorena disse...

Esses detalhes técnicos na verdade para o público em geral não conta muito. A imagem e a reflexão que o filme passa acho que é o que está mais em conta.
Ele pode servir para abrir novamente um debate sobre a xenofobia, aversão a estrangeiros.

Flor disse...

Quero ver!
Adoro o Selton.

Bianca disse...

blog fofo demais!
dá uma passadinha no meu tbm: http://ineedunderstand.blogspot.com

to seguindo ;)

comme des habitudes disse...

olá. me chamo leandro e por acaso vi seu blog navegando. achei super interessante. adoro CINEMA. o meu é um misto de história, filosofia e cultura geral. se quiser pode me seguir. abraços!

Andrei Vinicius disse...

ESTOU DOIDO PRA ASSISTIR!!!!!!! Me falta é tempo! Meu Deus AMEI teu BLOG

Já estou seguindo...

Tathy disse...

Quero ver, mas acho que vou esperar o DVD... bjs