terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Paciência Zero!















Acho engraçado como no Brasil, ou melhor, em Pernambuco – infelizmente só posso falar daqui já que não conheço muitos outros lugares. Eu sei, deprimente, mas a gente vive – as pessoas são obrigadas a – sempre – terem dinheiro trocado.

É, você tem que andar constantemente com moedas e cédulas trocadas a postos porque não importa se você vai consumir em um determinado estabelecimento, não faz a mínima diferença se você é o cliente, a obrigação é sua.

O pior de tudo é a grosseria como as pessoas falam com você. Ok, nem sempre é culpa do mensageiro (leia-se cobrador, caixa e afins) já que as normas e as ordens em sua maioria vêm de cima, mas a falta de modos é insuportável.

Hoje, escutei algo assim: “vou ficar te devendo vinte centavos”. Bom, já que o troco era de uma determinada quantia (33 reais) mais cinquenta centavos respondi: “não faz mais sentido eu te dever 20 do que você me dever 30?”. O caixa não foi grosseiro, na verdade foi bem simpático e disse que não teria problema e que eventualmente fazia isso, mas deixei para lá porque o problema não eram os tais 30 centavos e hoje não estava com cabeça mesmo...

Outro dia o cobrador do ônibus tentou me constranger por causa do MEUS cinco centavos. Obviamente não deixei. Mais uma vez, não se tratava do valor. Afinal, se você não tiver os cinco, dez ou seja lá quantos centavos sejam você não leva o produto ou não entra sem a passagem, não é?

Numa terceira vez a atendente do guichê do cinema não queria vender uma entrada porque eu não tinha dinheiro trocado... Hum, vamos lá: ela tinha troco (isso foi comprovado). Eu tinha dinheiro. Aquilo era um cinema, o serviço eram os tais ingressos para as tais salas escuras onde passam as tais imagens em movimento... Não adianta, não consigo entender.

E, bom, essas foram apenas algumas das situações que vivenciei ou presenciei.
Não vejo problema algum de as pessoas perguntarem ao cliente se ele tem trocado para facilitar o processo, mas esta falta de educação e esta falta de noção é que me revoltam!

Um comentário:

Nick disse...

é generalizado...
recife, tão bonita mas tão insuportável..

:**