sábado, 10 de julho de 2010

Nada nem ninguém


"A dor são poros por onde transpira a escrita. Tudo sobra em mim e, ao mesmo tempo, não há nada em mim. Nem ninguém. Eu sofro de nada e de ninguém."

Frase retirada de um dos filmes vistos hoje, Nome Próprio.

Agora? Rihanna/ Pussycat Dolls.

Um comentário:

jefhcardoso disse...

Na verdade estamos sempre em busca de algo.
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com