segunda-feira, 31 de maio de 2010

Sangue Novo no Cinema


O Cinema da Fundação apresenta, hoje, duas estréias interessantes: Dia de Clássico e Retinianas. Dois curtas metragens de produção local que têm como responsáveis jovens do cinema pernambucano. O objetivo dos filmes é abordar as transformações urbanas do Recife sob um olhar aguçado e provocativo.

Fica a dica!

Lançamento dos curtas "Retinianas" e "Dia de clássico" no Cinema da Fundação

Os curtas-metragens Retinianas, de Luís Henrique Leal e Dia de Clássico, de Paulo Sano e Rafael Travassos, serão exibidos, pela primeira vez, no Cinema da Fundação na segunda feira, 31/05, às 19h30. As obras fazem parte do recente panorama audiovisual do estado que tem se preocupado em lançar olhares provocativos sobre as transformações urbanas da cidade do Recife. A entrada é gratuita.

Retinianas, de Luís Henrique Leal, é um ensaio que elabora uma reflexão sobre as relações dos edifícios e das memórias da cidade. Usando imagens captadas durante um ano e meio, o filme se debruça sobre uma compreensão pessoal da vida urbana.

Dia de Clássico, por sua vez, foi contemplado pelo II Edital do audiovisual da FUNDARPE 2009 e é um filme sobre a cidade no dia de um dos mais importantes clássicos futebolísticos do estado (Sport X Náutico). Em uma proposta coletiva, os realizadores convidaram quatro fotógrafos para registrarem simultaneamente os acontecimentos do dia da partida, procurando evidenciar sua presença e interferência no ritmo da cidade, sem representações diretas do jogo.

Os projetos são resultados da parceria entre coletivos irmãos: Retinianas é fruto da Parabelo Filmes com colaboração do Coletivo Asterisco (http://coletivoasterisco.blogspot.com/), e Dia de Clássico é fruto do Coletivo Asterisco com colaboração da Parabelo Filmes (http://parabelofilmes.wordpress.com/). Foram pensados, inicialmente, como projetos de conclusão de graduação em Comunicação Social, e representam bem o caráter colaborativo que tem se firmado como marca do modelo de produção audiovisual de Pernambuco, em que os coletivos superam as dificuldades de realização através da aproximação pessoal e do envolvimento coletivo.

SERVIÇO:
Retinianas (Brasil, 2009, 7′, cor, digital), de Luís Henrique Leal
Dia de Clássico (Brasil, 2010, 23', cor, digital), de Paulo Sano e Rafael Travassos
Cinema da Fundação – 31/05 – 19h30
Entrada Franca

Ficha Técnica:

Retinianas (Brasil, 2009, 7′, cor, digital)
Direção, roteiro, fotografia e narração: Luís Henrique Leal
Produção executiva: Caio Zatti e Luís Henrique Leal

Direção de produção: Marcelo Costa

Montagem: Caio Zatti 

Som: Phelipe Cabeça e Rafael Travassos 

Edição de som: Rafael Travassos 

Finalização: Paulo Sano


Dia de Clássico (Brasil, 2010, 23', cor, digital)
Direção: Paulo Sano e Rafael Travassos
Fotografia: Cláudio Fernandes, Felipe Peres Calheiros, Luís Henrique Leal e Marcelo Pedroso
Roteiro: Evandro Dunoyer, Paulo Sano, Rafael Travassos e Sérgio Santos
Produção: Alba Azevedo e Manuela Piame
Assistente de produção: Evandro Dunoyer
Som direto: Andrenalina, Matheus Toledo, Nicolau Domingos, Phelipe Cabeça e Sérgio Santos
Assistente de fotografia: Djalma Silva, Leandro Santoianni, Marcelo Costa, Rafael Cabral
Montagem: Paulo Sano e Rafael Travassos
Finalização: Paulo Sano
Still:Ana Rosa Passos


Agora? Regina Spektor.

Um comentário:

Priscila ^^ disse...

Oiee tem 2 selinhos p ti lah no meu blog.
bejuhxx