sábado, 18 de julho de 2009

Little Women


Página 149 de 472. Acho que ainda não comentei nada por aqui. Pois bem, da contra capa:

“Gerações de leitores jovens e adultos, homens e mulheres, têm se apaixonado pelas irmãs March da novela mais popular e duradoura de Louisa May Alcott, Little Women. Aqui temos a talentosa aspirante a escritora Jo, a tragicamente frágil Beth, a linda Meg, e a mimada e romântica Amy, unidas na devoção que têm entre si e os seus esforços em sobreviver na Nova Inglaterra durante a Guerra Civil.”

As quatro irmãs vivem com sua mãe, enquanto o patriarca está na Guerra. Enfrentam tempos difíceis onde não dispõem de muito dinheiro, mas se esforçam com muito trabalho, sem esquecer o lazer. Cada membro da família tem uma personalidade bastante diferente uma da outra, mas são unidas por um amor incondicional. O leitor, então, acompanha o crescimento, amor e batalhas desses personagens.

De acordo com a edição que tenho em mãos (Barnes & Noble Classics, 2004), a obra foi publicada em dois volumes: o primeiro em outubro de 1868 e o segundo em abril de 1869. Ambos foram combinados em um único volume em 1880.

O livro trata de questões importantes com uma linguagem clássica e delicada, tudo de maneira bastante feminina e apresenta pitadas de conceitos e princípios religiosos de maneira sutil. Normalmente um livro que não chamaria a minha atenção, mas confesso estar gostando de acompanhar as transformações das irmãs March.

Motivo pelo qual decidi lê-lo? Um episódio de Friends onde Rachel e Joey trocam seus livros preferidos entre si. Sendo o dele O Iluminado e o dela Little Women.
Vamos ver no que dá. (a leitura segue lentamente devida a falta de tempo).

Das páginas:

"Não seria divertido se todos os castelos que construimos no ar se tornassem verdade e nós pudéssemos viver neles?" (p. 143).

"Eu tenho a chave para o meu castelo no ar, mas se conseguirei destrancar a porta ou não permanece desconhecido." (p. 145)

"Eu aconselho você a viajar em um dos seus navios e nunca voltar para casa até ter tentado tudo da sua própria maneira."

3 comentários:

Lília Amorim disse...

Eu já estive a bordo deste navio...quem sabe em breve eu não volte?

R.Vinicius disse...

Oi.

Gostei da dica de Livro. Não conhecia essa Obra, e agora vou procurar a respeito. Não sabia que havia passado no Friends. "Gostei dos trechos que você colocou."

Abraço,
R.Vinicius

Tathy disse...

Litte Women é um dos meus livros favoritos! Tenho uma edição velhinha que releio sempre. bjs