quinta-feira, 9 de abril de 2009

Como é o seu nome?


É... Trabalhar com o público pode ser frustrante. Eventualmente você se surpreende de maneiras que você jamais sonharia! Eu, por exemplo, nunca sonhei em ouvir a barbaridade que escutei essa semana. Nem mesmo nos meus pesadelos mais absurdos!
Só para esclarecer: trabalho na produção de um programa de televisão. Entretenimento.
Pois bem, estamos fazendo um desafio (vulgo concurso) de dança no qual o telespectador se inscreve para participar. Até aí, tudo bem.
A produção, obviamente, precisa entrar em contato com os concorrentes para marcar dia e hora do teste, por exemplo. Até aí, tudo bem também. Desde o período de inscrições até o teste da semana passada eu já tive que controlar minha (im)paciência porque ouvi muita besteira, mas essa semana realmente... Motivo de piada na empresa!
Ok, estava eu ligando para as pessoas e agendando tudo até que ligo para este cidadão. Explico quem sou e do que se trata. Pergunto sobre o interesse dele em continuar na competição, ele se diz muito interessado. Pois bem:
“Então eu só preciso checar os seus dados, ok?” – pergunto sem ter idéia da capacidade dele.
“Tudo bem”.
“Seu nome?”
***[Nome fictício] “Mateus Ferreira da Silva”.
Acho muito estranho, já que no meu registro consta ‘Mateus Barbosa dos Santos’ ***[Ainda nome fictício).
“Não seria Mateus Barbosa dos Santos?”
“Hã?”
“Seu nome, como é?”
“Hein?”
“É Ferreira ou Barbosa?”
“Hã?”
“Da Silva ou dos Santos?”
“Esse mesmo que você tem aí tá bom.”
º O Pasmem! Como assim “Esse mesmo que você tem aí tá bom”? Como assim!?!?!?
“Mateus, seu nome... O nome que consta na sua identidade... Qual é o seu nome?”
“Ah! É que eu tô longe de casa, não dá pra pegar a identidade não.”
º O Como assim!?
Ok... Definitivamente um diálogo jamais imaginado por mim. E isso porque eu nem comentei que, inclusive, a idade dele estava errada... E, não, ele não estava brincando nem sacaneando nem nada do tipo, dava para perceber claramente. E não, não havia problema mental algum. Ele, simplesmente... Ah! Nem sei!.

PS) Vale ressaltar que eram apenas 3 nomes...

Um comentário:

exoticlic.com disse...

trabalhar com o publico é foda porque tem gente de tudo quanto é jeito né...