quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Do Cotidiano

Antes de ontem fui ao cinema ver Verônika (com Andréa Beltrão). Para um filme de ação e perseguição ele é bem cansativo... Depois comento melhor por aqui.

No momento? Exatamente na página 289 de Lua Nova. Demorou um pouco, mas as coisas começaram a fluir a partir da metade do livro (mais ou menos na metade).

O pior é que outro dia, enquanto eu ia ao trabalho as coisas começaram – finalmente –a engatar. Enquanto percorria meu trajeto matinal cheguei a um capítulo onde a história ficava mais interessante. E no ápice da tensão (com direito a mocinha indefesa a sós com um vampiro malvado) olhei pela janela apenas para constatar que estava chegando à minha parada. Odeio quando isso acontece!

Um comentário:

Nick disse...

ui tandandan
pois digo logo que o livro nem começou! hahaha

:***